• Fluxxo

A volta do mercado de turismo regional e de fretamento pós-pandemia



A pandemia atingiu em cheio o setor de fretamento contínuo e eventual, que aos poucos está se recuperando e se adaptando a uma nova realidade. Agora, está chegando a hora de recomeçar a viajar, deslocar-se para o trabalho e voltar a viver uma rotina que não seja só ficar em casa.


Para entender melhor essa mudança no mercado e como será o futuro do setor de fretamento, entrevistamos o Roberto Magalhães, que é Diretor Comercial da Top Rio, uma das principais empresas do ramo no Rio de Janeiro. Confira abaixo!



A Top Rio teve que se adaptar para continuar oferecendo seus serviços. O que mudou na estratégia comercial da empresa por causa da pandemia?


Com a Pandemia, tivemos uma parada geral nos fretamentos para todo tipo de turismo, não houve o que ser feito, 100% da frota na garagem. Era o momento de nos protegermos. Mas, ao mesmo tempo, não podíamos parar. Mantivemos, de forma reduzida em alguns casos, a operação para os nossos clientes que já nos contratam em regime de fretamento contínuo.


Com isso, para tentar minimizar o impacto financeiro pela falta do turismo e para que fosse possível a máxima manutenção dos empregos, pois demissões foram inevitáveis, tivemos que buscar novas alternativas de negócio.


Algumas outras empresas/fábricas/indústrias que cumprem atividades essenciais continuaram suas operações e tiveram que dar reforço no transporte de seus colaboradores, seja pela falta do transporte público e também para evitar ao máximo sua exposição. Com isso, visualizamos uma chance de atuação nesse mercado, por isso seguimos nesse sentido.


Começamos também a realizar um trabalho de conscientização de nossos colaboradores e de informação para nossos clientes, mostrando quais ações foram realizadas para mitigar o risco de contágio pela COVID-19. Nesse momento, contamos com o suporte da Fluxxo para divulgação. Passamos por um forte e rápido processo de adequação à realidade que nos foi imposta.




As coisas, aos poucos, vão começar a se normalizar. O que a Top Rio projeta para os próximos meses?


O mercado mostra que há uma vontade de viajar reprimida por parte dos clientes. Já estamos sendo consultados para atualização de orçamento, a reserva só não é concretizada porque os pontos de visitação ainda permanecem fechados, mas, a partir do momento em que a abertura for autorizada, temos a forte impressão de que o movimento voltará com força, claro que dentro das novas regras.


Qual serviço de fretamento espera-se que ganhe força nesta retomada dos serviços?


Temos algumas apostas, imaginamos que o fretamento eventual para atividades curtas se destaque muito no primeiro momento. Imaginamos que o turismo religioso terá expressivo aumento, seguido do turismo para sítios e parques e, por último, as viagens com maior duração (em dias).



Depois desse período em casa, é possível que as pessoas queiram viajar e visitar muitos lugares, em primeiro momento, nas proximidades de onde moram. Isso deve fazer a demanda das empresas de transporte turístico crescer. Como a Top Rio está se preparando para essa procura?


Na verdade, o turismo de um dia sempre foi o “carro-chefe” de nossa operação no turismo eventual. Por este motivo, nos últimos anos, a Top Rio vem se estruturando para atendimento simultâneo a um grande número de veículos por dia.


Neste momento, nossa empresa está focando em oferecer, ainda mais, um serviço com segurança relacionada à higiene. Alteramos, de forma significativa, os procedimentos de higienização de nossa frota.



Como você acredita que será a recuperação dos setores de fretamento e turismo?


No caso do turismo, o que calibrará o ritmo de recuperação será a velocidade da retomada e abertura dos pontos de visitação em geral, pois reforço de que os clientes estão ávidos a voltarem a viajar. Claro que o impacto financeiro será também um balizador, mas, depois de todos esses meses de isolamento/quarentena, as pessoas querem e precisam viajar, e a Top Rio estará aqui pronta para ajudar no que for preciso para a retomada!


No caso do fretamento contínuo para empresas, talvez este setor passe por uma adequação em sua operação, pois a atividade em Home Office ganhou espaço e possivelmente algumas empresas mantenham parte de seus colaboradores nessa configuração. E isso poderá trazer impactos no transporte.



O que vai mudar na categoria de agora em diante?


Agora, nosso foco é nos processos de manutenção da higienização de nossa frota, seja dentro de nossa garagem ou em atividade externa e treinamento de nossos profissionais para que nossa entrega seja a mais segura possível.


A Top Rio é uma empresa que sempre prezou pela qualidade no serviço que presta a seu cliente, por isso nosso slogan é e sempre será: Top Rio, à frente de tudo, você!


Curtiu a matéria? Se quiser acompanhar o conteúdo que compartilhamos aqui no blog, basta seguir a Fluxxo nas Redes Sociais!



41 visualizações

#segueafluxxo

  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Black Twitter Icon