A importância de posicionar a sua marca em relação a questões atuais e causas sociais



É muito provável que você já tenha ouvido falar a seguinte frase: “Até quando você escolhe não se posicionar, você já está se posicionando”. E com as marcas funciona da mesma maneira, principalmente nos dias de hoje.


Com os avanços tecnológicos e a democratização da internet, houve um aumento significativo do alcance dos acontecimentos em tempo real. Com isso, o público começou a exigir e a pressionar, cada vez mais, o posicionamento das marcas em relação a determinadas situações e acontecimentos.


Dessa forma, percebemos, atualmente, que grandes marcas têm se envolvido e participado de movimentos, deixando em evidência qual o seu posicionamento e valores em relação às causas sociais em que acreditam. Com isso, debates e discussões têm surgido a todo momento, deixando claro que, para as empresas se destacarem, elas precisam posicionar a sua marca diante da imagem que desejam construir junto ao público.


Mas o que seria o posicionamento de marca?


É um conceito que está relacionado com a maneira pela qual as marcas são percebidas e lembradas pelo público. Ou seja, é o lugar que a empresa quer ocupar no coração e na mente do seu público-alvo.


Posicionar a sua marca no mercado não significa apenas delimitar quais são os valores e bandeiras por ela defendidos. Significa, na verdade, um conjunto de elementos e definições que, alinhados junto ao público, constroem a forma como a mesma será lembrada em sua totalidade.


Dessa forma, cabe destacar que pensar o posicionamento vai desde definir um tom de voz e as personas do seu negócio, até pensar nas bandeiras em que ela acredita e levanta. Neste artigo, no entanto, vamos nos ater a falar sobre a importância desse segundo nos dias de hoje.


Importância e vantagens de ter um posicionamento bem-definido


Além de ser uma carta na manga para se diferenciar com maestria da concorrência, marcas bem posicionadas geram mais autoridade, pois demonstram ter clareza em seus valores, ideais e comportamentos, seguindo à risca as diretrizes da empresa e sendo sempre coerentes em suas ações internas e externas.


No momento em que uma marca possui um posicionamento estratégico, deixando evidente quais são os seus valores e princípios, quais bandeiras defende e em que acredita, ela se aproxima do público, gerando identificação e atraindo pessoas que pensam da mesma forma.


Sendo assim, ter um posicionamento bem-definido ajuda a fortalecer a marca, tornando-a mais visível, comentada, lembrada e conhecida pelas pautas na qual levanta, trazendo visibilidade e atenção para elas, além de fomentar o debate e a discussão. A consequência disso é uma audiência engajada, que reconhece o valor da marca, corroborando em um aumento do número de vendas e da lucratividade da empresa.


Outro ponto importante de destacar é que marcas bem-posicionadas são fortemente alinhadas a seu propósito. Isto é, são marcas que têm definidos de forma evidente quais são os seus objetivos e o que têm a oferecer. Dessa forma, sua identidade e proposta de valor ficam muito claras para os consumidores que passam a se conectar e engajar com tal posicionamento, quando se identificam com eles.


Nesse sentido, a percepção de valor é aumentada, a diferenciando da concorrência e possibilitando um maior e mais profundo envolvimento do público com a marca, o qual se conecta com ela verdadeiramente, tornando-se um cliente fiel, engajado, que advoga em seu favor e a defende com unhas e dentes.


Ser transparente é fundamental!


E isso pode ser comprovado de acordo com a pesquisa Global Consumer Pulse, da Accenture Strategy, de 2019, realizada com 1.564 brasileiros, em que 83% dos consumidores disseram preferir comprar de marcas que defendem abertamente seu propósito alinhado aos seus valores de vida. A pesquisa mostrou, ainda, que tais consumidores evitam comprar e se envolver com marcas que não se posicionam, ficando, portanto, neutras diante de situações e acontecimentos relevantes.


Além disso, dos entrevistados, 87% demonstram mais vontade em consumir de empresas que sejam transparentes em relação à origem de produtos, condições de trabalho e testes em animais, por exemplo.


Se visam à transparência, tudo indica que o posicionamento deve corresponder às atitudes da marca.


Agora, veja na prática exemplos de marcas que souberam ocupar uma posição de destaque no imaginário dos consumidores a partir de um posicionamento claro diante de um movimento mundial voltado à conscientização e prevenção ao câncer de mama, o famoso Outubro Rosa.

Exemplos do posicionamento de algumas marcas sobre a campanha do momento: Outubro Rosa


Buscando levantar uma bandeira de cuidado e atenção às mulheres, algumas marcas se posicionaram de forma efetiva, conquistando o apoio do público feminino, que se identificou e engajou nas ações elaboradas. Dentre elas, podemos destacar:


Dudalina


Em 2020, a marca brasileira de Fashion Business e camisaria Dudalina convidou cinco mulheres para fazerem parte do projeto “Ame-se”, que teve como objetivo compartilhar conhecimento, depoimentos e informações que visavam a conscientização para o combate ao câncer de mama.


A marca também utilizou tags especiais em produtos para auxiliar as mulheres no autoexame, além de, em conjunto com a equipe de shooting, ter decidido doar os cachês da produção para o Instituto Arte de Viver Bem, ONG de combate ao câncer de mama. Como se não bastasse, a Dudalina também se comprometeu em doar R$ 10,00 a cada peça vendida da cápsula “Outubro Rosa” para o Hospital do Amor, de Barretos.


Outro exemplo de destaque foi a marca de lingerie HOPE.


No ano passado, o grupo HOPE lançou a campanha de conscientização para os exames e diagnóstico precoce do câncer de mama. Dessa forma, durante todo o mês de outubro, a marca fechou uma parceria que envolvia a produção de conteúdos especiais e acessíveis sobre a saúde física e mental da mulher com o IBCC (Instituto Brasileiro de Controle de Câncer). Tais conteúdos foram publicados e compartilhados em suas redes sociais, conquistando a atenção do público, o engajamento e o reconhecimento de marca preocupada com o bem-estar feminino, para além de unicamente vendas de calcinhas e sutiãs.

Esse tipo de atitude atribui muita credibilidade a empresa, já que tudo acontece de forma espontânea e transparente.


Com isso, destacamos que um bom posicionamento é parte estratégica na construção de uma marca forte, que preza por ter seus valores, essência e princípios alinhados à sua imagem e a todo o seu conjunto simbólico e visual. Pode-se dizer, portanto, que marcas fortes são marcas que possuem uma excelente estratégia de branding alinhada aos seus objetivos, que vão muito além de promover produtos e serviços.


Agora que você já conhece a importância de um bom posicionamento, chegou a hora de colocar em prática o que aprendeu.


Conte com a Fluxxo para te guiar nesse passo tão importante para a sua empresa!


Por: Maria Alice Vilarde e Nathalia Maneiro





15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo